Geral

A roda sistêmica das escolas de sucesso

Podemos medir o sucesso de uma escola a partir dos pontos que ela atribui a cada um dos elementos abaixo:

  1. Metodologia pedagógica

  2. Estrutura física

  3. Administração

  4. Marketing

  5. Pessoas

  6. Tecnologia e inovação

Faça o teste na sua instituição! Avalie cada item e atribua um valor de 0 a 10. Depois, avalie todos os pontos e responda: você tem um equilíbrio, e principalmente, uma boa avaliação de todos os pontos para que sua roda sistêmica realmente “rode”? Sua instituição está entre as escolas de sucesso?

Quanto mais equilibrados e bem avaliados estiverem os pontos, mais qualidade sua escola oferece. Isso significa, que para uma instituição de ensino funcionar e ter destaque entre escolas de sucesso, é fundamental ter uma boa avaliação de todos esses itens. Somente dessa forma, é possível conquistar a excelência e o reconhecimento.

Um dos aspectos que mais chamam a atenção de pais e alunos é a estrutura física de escolas de sucesso. É a primeira impressão que sua instituição passa para quem visita e também é um item que faz toda a diferença no dia a dia dos estudantes. Pensando nisso, trouxemos algumas informações para você alcançar qualidade na estrutura física da sua escola.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Estrutura física de escolas de sucesso

As diretrizes educacionais e metodológicas estão tomando novos rumos. Pense em quantas mudanças o mundo dos negócios está vivendo. É o caso do Uber, líder no segmento de transporte e que não possui um único veículo; a Airbnb, um grande sucesso na área de hospedagem e que não possui um único apartamento, casa ou hotel.

Cada dia mais as palavras integração, compartilhamento, eco e igualdade estão no nosso vocabulário. E a escola, vai continuar a mesma? A clássica sala retangular replicada há décadas? Vejamos.

Para que a escola “tradicional” funcione, ela precisa se encaixar nos seguintes pontos:

  • Estrutura física exigida pela vigilância sanitária;

  • Estrutura física exigida pelo método de ensino, como por exemplo, a escola Montessori que propõe que a escola seja igual ao lar;

  • Estrutura física que possibilite lucratividade (números de alunos x metros quadrados x números de professores), afinal a escola é uma empresa.

Até aqui nada fora do comum. Mas e a nova escola? A escola da era digital? Essa escola que precisa estar preparada para receber e atender a nova geração que quer aulas de empreendedorismo, sustentabilidade na prática, finanças pessoais, liderança, inteligência emocional, direito e língua estrangeira – com um método eficiente.

Para Flávio Augusto, do blog Geração de Valor e um dos empreendedores mais influentes do Brasil, é preciso repensar a educação:

“Eu vejo muito, mas muito valor na pré-escola. É o momento em que a criança tem uma de suas primeiras experiências sociais, desenvolve suas habilidades cognitivas, coordenação motora e é alfabetizada. É uma educação altamente produtiva. Da 1ª a 4ª séries, a concentração em português, matemática e ciências, traz um conteúdo interessante e importante para a base da educação dessa criança. O problema é que o formato falido da educação vigente já começa a colocar a cabeça para fora. Estou falando de uma sala enfileirada, a maldita prova que induz a decoreba e a busca por notinhas na média começam a aparecer nessa fase”

Diante disso, como podemos pensar e criar algumas soluções para contribuir com essas mudanças e estar entre as escolas de sucesso?

Estrutura de escolas de sucesso da atualidade

Mudanças simples e alguns ambientes diferenciados podem reformular o estilo arquitetônico da escola. Incentivar a integração e formar alunos para solucionar problemas é uma ótima iniciativa. Confira algumas ideias:

  • Biblioteca integrada, diferente daquela toda fechada e com fileiras enormes de livros;

  • Espaço de convivência que propõe a integração, e não exclusão como na maioria dos casos;

  • Espaços verdes com horta orgânica;

  • Espaços de apresentações que estimulem o falar em público;

  • Diferentes estruturas para esportes não tão convencionais e que são ótimos para a saúde;

  • Solários que permitam banho de sol;

  • Locais que proponham a integração dos pequenos com os maiores;

  • Locais que proponham a visita de alunos de outras escolas;

  • Utilização de salas que ficam vazias e ociosas durante meio período;

  • Berçários que atendam no período noturno, para mães e pais que fazem faculdade à noite e que ficam com os filhos durante o dia.

São inúmeras as possibilidades. Todos sabemos que o sonho de todo gestor escolar é ter uma bela estrutura, capaz de acomodar confortavelmente seus alunos, porém, por questões geralmente financeiras nem sempre isso acontece.

É por isso, que acredita-se que o projeto arquitetônico deve estar aliado a um cronograma-físico financeiro de viabilização. Assim, sabendo o quanto deverá investir, o número de alunos que terá e o valor que poderá ser agregado à mensalidade em face das mudanças, poderá o gestor se programar e, assim, realizar o seu sonho.

Powered by Rock Convert

Uma forma de realizar essa gestão e colocar a sua instituição entre escolas de sucesso com uma estrutura de primeira é contar com a ajuda de um software para gestão escolar. Com esse tipo de sistema é possível entender exatamente a realidade financeira do seu negócio. Conheça o Software GEO e comprove!