Secretaria Escolar

Confira 4 modelos de boletins escolares para causar uma boa impressão para os pais

Quantos modelos de boletins escolares a sua escola utiliza? O boletim escolar é muito mais do que um informativo sobre as notas dos alunos. Por meio desse documento, os pais e os professores conseguem identificar diversos pontos no desenvolvimento educacional do aluno, principalmente em quais áreas ele tem poucas habilidades. 

Alguns modelos de boletins escolares específicos podem tornar essa comunicação entre a escola e os pais mais dinâmica, personalizada e efetiva. No conteúdo de hoje, separamos 4 modelos de boletins escolares que você pode adotar em sua instituição. Quer conferir? Continue com a leitura. 

A importância do boletim escolar para o desenvolvimento do aluno

Apesar de ser considerado por muitos como um tipo de comunicação ultrapassada, pois ainda exige a impressão em papel, o boletim escolar é uma das formas mais efetivas para notificar aos pais sobre o desempenho do aluno, independentemente de a escola usar modelos de boletins escolares online ou físico, essa ferramenta ainda é fundamental. 

Veja por que esse material é importante para o desenvolvimento dos alunos. 

1. Ajuda a entender quais competências precisam ser desenvolvidas

O boletim escolar vai orientar os pais, os alunos e os professores quantitativamente e qualitativamente quais são as competências que o aluno teve o melhor desempenho e rendimento e quais precisam de atenção e foco para serem desenvolvidas. 

A escola deve entender o perfil do aluno em relação às competências que ele se destacou e quais precisam de maior atenção para que a criança possa se desenvolver por completo. 

2. Direciona as estratégias para melhorar o desempenho

A partir da análise do aproveitamento dos alunos durante o ano letivo, a escola poderá reformular os planos de aula de forma estratégica, com novas atividades e projetos para reverter os resultados que não foram satisfatórios para o aluno. 

A escola deve comparar cada etapa evolutiva do aluno para avaliar os resultados e desenvolver planejamentos que sejam efetivos. Além disso, os gestores, orientadores e coordenadores conseguirão avaliar as turmas de forma abrangente para identificar possíveis falhas de planejamento ou direcionamento em determinada turma ou série. 

3. Possibilita o ajuste no plano de ação escolar

O acompanhamento do boletim escolar e do desempenho dos alunos vai possibilitar a escola fazer ajustes no plano de ação educacional. 

O plano de ação é um projeto desenvolvido no início do ano letivo e que pode ser mudado ao decorrer do ano. Com a resposta da evolução dos alunos ao decorrer do ano, fica mais fácil fazer ajustes ou mudar alguns projetos do plano de ação. 

4. Promove a participação da família no processo de aprendizagem dos alunos

Contar com a participação dos pais e responsáveis é determinante para garantir bons resultados e evolução no processo de aprendizagem dos alunos. A escola pode contar com alguns modelos de boletins escolares que esclareçam de forma objetiva como está sendo o desempenho do aluno e para convidá-los a participarem da rotina dos filhos. 

O objetivo é contar sempre com o apoio e a parceria da família para contribuir com o progresso das crianças. 

5. Permite a avaliação contínua 

O boletim escolar é um dos recursos mais utilizados para a avaliação contínua dos alunos. Por meio de gráficos de evolução individual e coletiva, é possível que não só os professores e os coordenadores pedagógicos avaliem o desempenho das crianças, mas que o próprios alunos consigam se autoavaliarem. 

Confira agora o que o seu boletim escolar precisa ter para impressionar os pais e responsáveis pelos alunos. 

4 modelos de boletins escolares para causar uma boa impressão para os pais

Existem alguns modelos de boletins escolares que são padrão, utilizados em diversas instituições, porém, nada impede que a escola crie o seu próprio modelo ou adapte o que já utiliza ou conhece.

O importante é que ele contenha algumas informações básicas. Para personalizar, é possível adicionar algumas informações e deixá-lo ainda mais completo. Mas tome cuidado, um boletim escolar deve ser claro e objetivo, ir direto ao ponto. Confira 4 modelos de boletins escolares que separamos para você. 

Modelo 1

Permite à escola informar as notas e faltas que o aluno teve durante o bimestre, além do registro de algumas ocorrências, como providências da escola, se houve encaminhamento do aluno à coordenação, quantas vezes a escola conversou com os pais, se foi necessário promover recuperação paralela, se é necessário repensar os objetivos propostos e outras observações.

modelos de boletins escolares 1

Modelo 2

Essa opção é mais simples, permitindo apenas a inserção das informações sobre as notas do aluno e poucas observações. Esse modelo é recomendado em reuniões em final de bimestre, semestre ou ano, onde o aluno já passou por uma série de orientações e está apresentando os últimos resultados das ações de melhorias aplicados em sala. 

Modelos de boletins escolares 2

Modelo 3

Bem completo, esse modelo permite à escola inserir as notas e a recuperação (caso o aluno tenha feito), o total de pontos do período e a média final. 

Ele também conta com a opção de inserir informações sobre os aspectos sociais e emocionais do aluno: participação, iniciativa, integração, concentração, responsabilidade, organização e disciplina. Os professores ou coordenadores podem adicionar observações sempre que necessário.  

Modelos de boletins escolares 3

Modelo 4

Por último, a escola pode criar diversos modelos de boletins escolares personalizados, com as informações e campos que vão descrever o desempenho da melhor forma para os envolvidos. 

É possível criar um modelo para cada etapa de ensino, para os tipo de projeto etc. Uma ferramenta que pode auxiliar a instituição nesse caso é o Canva Design. A plataforma conta com alguns modelos de boletins escolares que podem ser editados ou a escola pode criar o seu próprio modelo do zero. 

Independente do modelo utilizado, todo boletim deve conter o nome do aluno, nome e logo da instituição, campo para notas de cada uma das disciplinas, campo para contagem de faltas, para observações dos professores e para a avaliação de comportamento, com relação a disciplina, educação, cooperação, organização, entre outras coisas.

Agora que você já conhece alguns modelos de boletins escolares pode escolher o que atende melhor a sua instituição ou criar um modelo personalizado. O importante é sempre lembrar que o boletim deve ser um documento que todos consigam entender facilmente as informações contidas nele. 

Leituras recomendadas

7 dicas de organização de documentos na secretaria

5 tendências do mercado educacional para 2018

Diário do professor online como essa tecnologia ajuda a sua escola